ABREMA e Pacto Global da ONU Brasil se unem para o desenvolvimento de ações do setor de resíduos que contribuam para o cumprimento dos ODS

Mobirise Website Builder

Aconteceu nesta terça-feira (15 de agosto), o encontro entre Pedro Maranhão, presidente da ABREMA (Associação Brasileira de Resíduos e Meio Ambiente) e Carlo Pereira, CEO do Pacto Global da ONU no Brasil. Os executivos iniciaram as conversas para uma parceria colaborativa com foco no desenvolvimento de ações e projetos no setor de manejo de resíduos, que, pela própria natureza mitigadora de suas atividades, tem contribuído para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Na ocasião, foram apresentadas as contribuições das empresas que atuam no manejo de resíduos no País e seu protagonismo para a redução da degradação ambiental e, consequentemente, melhoria da saúde pública. As ações envolvendo a parceria vão demonstrar como o desempenho do segmento de resíduos pode colaborar ainda mais para reduzir as emissões de gases de efeito estufa (GEE), evitar a contaminação dos corpos hídricos, assim como a presença de materiais plásticos nos oceanos.

“O setor de resíduos fornece à sociedade soluções para a mitigação dos impactos ambientais causados pelos resíduos[LN1] e tem muito a contribuir com soluções que respondam aos desafios da agenda ambiental urbana. E essa parceria com o Pacto Global Brasil é mais um passo importante para reconhecer o papel vital da indústria dos resíduos sólidos no combate às mudanças climáticas”, observa Pedro Maranhão, presidente da ABREMA.

Para o CEO do Pacto Global da ONU Brasil, a aliança vai ao encontro da iniciativa da instituição como representante do setor privado na ONU. “Essa aliança é também uma oportunidade de auxiliar a indústria de uma forma geral a pensar em produtos com melhor reaproveitamento e mais sustentáveis, já que na outra ponta teremos empresas que conhecem os desafios de fazer o correto direcionamento e tratamento dos resíduos gerados”, avalia Carlo Pereira.


© Copyright 2023-2024' ABREMA - Todos os direitos reservados.